domingo, 19 de fevereiro de 2017

Mauricio Pochettino apontado ao comando técnico do Barcelona

Resultado de imagem para mauricio pochettino tottenham 

De acordo com o diário britânico Daily Express, Mauricio Pochettino, atualmente a treinar os ingleses do Tottenham, está a ser apontado como o provável sucessor do espanhol Luis Enrique no comando técnico do todo-poderoso Barcelona. Ainda de acordo com o mesmo tabloide britânico, o atual treinador dos Spurs preenche os requisitos para treinar do colosso catalão, visto que conhece bem o campeonato espanhol (onde foi treinador do Espanyol) e tem experiência em treinar jogadores  e equipas de grande nível. De referir ainda que Luis Enrique sente o seu lugar ameaçado depois do desaire que o Barça sofreu diante do Paris Saint-Germain, onde perdeu por 4-0 na UEFA Champions League.


Qual é a vossa opinião acerca desta notícia? Mauricio Pochettino será a melhor opção para suceder a Luis Enrique? Quem poderia treinar o Barcelona? Comentem.  

Onze da 1ª Liga


Diga lá outra vez...

Resultado de imagem para benatia juventus 

«O FC Porto está habituado a jogos deste nível»

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Grande Ruiz Patrício; São Patrício; Leão atrás do muro. 

Record A Bola O Jogo

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Sporting de 2001/2002: a última vez que o leão sorriu

Resultado de imagem para sporting 2001 2002Depois do regresso da rúbrica Olheiro, o blogue Galáxia Futebolística passará a ter uma nova rúbrica semanal chamada Dream Team, onde irá ser abordada uma equipa que tenha feito história no futebol e que tenha ficado na história do futebol. 
E  a primeira Dream Team que vamos aqui recordar será a equipa do Sporting Clube de Portugal que foi Campeã Nacional na época de 2001/2002, sob o comando técnico do romeno Laszlo Bölöni. Esta equipa do Sporting foi uma das melhores que o clube de Alvalade apresentou no século XXI e era uma equipa presenteava os adeptos verde e brancos com grandes exibições e futebol de alto nível. Nesta equipa leonina, a baliza era entregue ao veterano guarda-redes Tiago e o quarteto defensivo era constituído por grandes jogadores: no lado direito jogava o irlandês Phil Babb e no lado esquerdo pontificava o português Rui Jorge, sendo que a dupla de defesas-centrais era formada por André Cruz e Beto. 
No meio-campo desse Sporting, de 2001/2002, o médio-defensivo era Paulo Bento, um jogador que transmitia uma tranquilidade à equipa, e numa posição mais envolvente na transição ofensiva jogava Hugo Viana, que havia sido lançado por Bölöni nessa temporada. Depois nas alas apareciam dois grandes jogadores de uma qualidade inegável: no lado direito aparecia uma rapazinho chamado Ricardo Quaresma, também ele lançado pelo técnico romeno, e no lado esquerdo havia outro rapazinho chamado João Vieira Pinto. Por fim, no ataque havia dois goleadores que eram, claramente, sinónimo de golos: o romeno Marius Niculae e o inevitável Mário Jardel, que haveria de ser o último avançado, a jogar em Portugal, que ganharia a Bota de Ouro. 
Foi com este onze-base que o romeno Laszlo Bölöni levou o Sporting Clube de Portugal a conquistar o último Campeonato Nacional da história do clube verde e branco, numa temporada em que os leões terminaram em primeiro lugar com 75 pontos (mais cinco que o Boavista que ficou em 2º lugar), 22 vitórias, 9 empates e 3 derrotas, bem como 74 golos marcados e 25 sofridos. 
Se no campeonato português, em 2001/2002, o Sporting Clube de Portugal realizou um campeonato tranquilo e de grande qualidade, na Taça UEFA o clube leonino, apenas, chegou à 3ª eliminatória da competição uefeira. Mas vamos por partes: na primeira eliminatória, o Sporting venceu o Midtylland por 3-0, na primeira mão (com golos marcados por Babb, Beto e Jardel) e, na segunda mão, venceu os dinamarqueses por 3-2, com os golos a serem marcados através de um bis de Mário Jardel e um autogolo de Skriver. De seguida, na segunda eliminatória, o Sporting jogou com o Halmstad e venceu, na primeira mão, por 1-0, com o golo marcado por Marius Niculae e, na segunda mão, derrotou os suecos por 6-1, com três golos de Mário Jardel e um golo de João Vieira Pinto, Marius Niculae e Paulo Bento. Por fim, na terceira eliminatória da Taça UEFA, o clube verde e branco defrontou o AC Milan e, na primeira mão, o Sporting perdeu, em Milão, por 0-2 e, na segunda mão, o clube leonino empatou 1-1 com o clube milanês, com o golo do Sporting a ser marcado por Niculae. 
Em suma, a época de 2001/2002 foi a última vez que o Sporting Clube de Portugal voltou a sorrir depois de ter sido Campeão Nacional e ainda venceu uma Taça de Portugal frente ao Leixões, por 1-0, com o golo a ser marcado por Super Mário.