quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Rajiv van la Parra: a estrela do Huddersfield Town

Todos os clubes gostariam de ter um Neymar, um Messi, um Cristiano Ronaldo ou um Griezmann nas suas fileiras, mas o dinheiro nem sempre chega para ter todos esses craques de nível mundial. E então esses clubes modestos acabam por fazer prospeção em vários campeonatos menores, onde descobrem vários jogadores de qualidade interessante, que tanto podem dar em craques a um nível superior como podem defraudar a expetativas criadas. E um desses jogadores que tem surpreendido na presente temporada, na Premier League, é o extremo holandês Rajiv van la Parra, que representa atualmente o recém-promovido Huddersfield Town. 
Formado na cantera do Feyenoord, de onde saíram outros futebolistas promissores, como Georginio Wijaldum, Jerson Cabral, Luc Castaignos, Bruno Martins Indi ou Stefan de Vrij, Rajiv van la Parra acabou por não vingar em Roterdão e mudou-se para França na época de 2008/2009. Nessa temporada, Van la Parra jogou no Caen, durante três temporadas, onde jogou 17 jogos e marcou, apenas, 1 golo pelo conjunto gaulês.   
Resultado de imagem para van la parra wolvesDepois de jogar em solo francês, pelo Caen, Rajiv van la Parra regressou à sua Holanda, onde assinou pelo Heerenveen, onde esteve mais três temporadas. E nessas três épocas pelo Heerenveen jogou 95 partidas e faturou por 16 vezes na Eredivisie. 
E essas boas prestações ao serviço do Heerenveen valeram-lhe o passaporte para ir jogar para Inglaterra ao serviço do Wolverhampton Wanderers, na época de 2014/2015, onde participou em 41 jogos e onde marcou, apenas, 2 golos no exigente Championship. Na época seguinte, em 2015/2016, Van la Parra jogou 16 jogos e não marcou nenhum golo, acabando por emprestado ao Brighton & Hove Albion, na mesma época, onde participou em 6 jogos e onde marcou 2 golos. Ainda em 2015/2016, Rajiv van la Parra voltou a ser cedido, a título de empréstimo, mas ao Huddersfield Town. No John Smith's Stadium, Van la Parra jogou 8 jogos e não marcou nenhum golo. 
Ainda assim, apesar de ter jogado pouco e de não ter marcado nenhum golo, o Huddersfield Town, na época de 2016/2016, avançou para a sua contratação em definitivo a troco de 900 mil euros. E já como jogador, em definitivo, do Huddersfield Town, Van la Parra jogou 46 jogos e marcou, apenas, 2 golos, ajudando os Terriers a regressar à Premier League. 
E esta época, Rajiv van la Parra tem-se revelado a estrela do conjunto treinado pelo técnico Sandro Wagner, já que, até ao momento, Van la Parra contabiliza 9 jogos, mas ainda não marcou qualquer golo. Dono de um ótimo sentido posicional, Rajiv van la Parra, de 26 anos de idade, é um jogador bastante veloz, que utiliza a sua velocidade para causar problemas aos seus adversários, é um futebolista muito forte fisicamente e é um exímio marcador de livres diretos e de pontapés de canto. 
Neste momento, Sandro Wagner, técnico do Huddersfield Town, tem um jogador que pode ainda dar muito à sua equipa na Premier League e, quem sabe, dar o salto para uma equipa de meio da tabela como, por exemplo, Everton ou Southampton. Só o futuro nos dirá esta resposta.  

Vai dar que falar... Diogo Dalot

Resultado de imagem para diogo dalot fc porto 

Com Maxi Pereira e Miguel Layún a não irem propriamente para novos e com Ricardo Pereira a jogar, quase, em part-time, o FC Porto tem nas suas fileiras um dos mais promissores laterais-direitos do futebol português: Diogo Dalot. Este jovem lateral-direito português, de 18 anos de idade, é um jogador muito forte na marcação que faz aos seus adversários, é dono de um excelente sentido posicional, é um futebolista bastante veloz, que utiliza a sua velocidade para correr pelo flanco direito, sabe como manter a bola controlada e apresenta uma excelente capacidade de concentração dentro das quatro linhas. Ainda assim, Diogo Dalot sabe como se deve movimentar no terreno de jogo, visto que é um jogador que faz todo o flanco direito do FC Porto, é um jogador muito forte no desarme aos seus adversários, demonstra uma frieza impressionante na hora de defender ou de atacar e revela uma boa capacidade para tirar excelentes cruzamentos para a grande área contrária. Com, apenas, 18 anos de idade, Diogo Dalot apresenta ainda uma enorme margem de progressão e a Equipa B do FC Porto é o sítio certo para o jovem prodígio português poder continuar a evoluir as suas capacidades futebolísticas, sob a orientação do técnico António Folha, de forma a poder ser uma opção válida para o Sérgio Conceição num futuro próximo. Se for bem potenciado, no FC Porto, Diogo Dalot poderá render aos cofres do clube azul e branco, num futuro próximo, um excelente encaixe financeiro e poderá sair para um grande clube europeu e jogar, assim, num grande campeonato, visto que tem talento para jogar em qualquer grande equipa. Decorem bem o nome deste menino, porque Diogo Dalot vai dar imenso que falar com a camisola do FC Porto e será mais um jogador que chegará à equipa principal dos dragões em muito pouco tempo. A Seleção Nacional também fica a agradecer mais um jogador de grande qualidade que será, dentro de pouco, elegível pelo Engenheiro Fernando Santos. 


A FICHA

Nome: José Diogo Dalot Teixeira
Idade: 18 anos
Data de Nascimento: 18/03/1999
Local de Nascimento: Braga, Portugal 
Altura: 1,84m
Peso: 77 kg
Posição: Lateral-Direito
Clube: FC Porto
Valor de Mercado: 600.000€


EM AÇÃO
             

Scolari vai deixar de ser o treinador do Guangzhou Evergrande

Resultado de imagem para scolari guangzhou 

De acordo com o jornal desportivo português A Bola, Luiz Felipe Scolari, treinador brasileiro, de 68 anos de idade, que orienta os chineses do Guangzhou Evergrande, vai deixar de ser o treinador do emblema asiático no dia 4 de Novembro de 2017, data em que termina o Super Liga chinesa. Ainda de acordo com o mesmo diário desportivo nacional, Scolari vai-se reunir com os dirigentes do Guangzhou Evergrande, visto que para Felipão o projeto está esgotado, depois de três anos a orientar este histórico clube chinês. De referir ainda que Luiz Felipe Scolari está prestes conquistar o terceiro campeonato consecutivo, no Guangzhou Evergrande, dispondo de seis pontos de vantagem sobre o Shanghai SIPG, treinado pelo técnico português André Villas-Boas. 


Qual é a vossa opinião acerca desta notícia? Luiz Felipe Scolari faz bem em tomar a decisão de sair do futebol chinês? Qual deverá ser o próximo clube de Felipão? Comentem.  

Jornais de Hoje

Títulos de hoje: Assim custa mais; Desculpado; Marcha atrás. 

Record A Bola O Jogo

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Benfica diz adeus à Liga dos Campeões com nova derrota

 LC: Benfica-Manchester United, 0-1 (destaques)
SL BENFICA 0-1 MAN.UNITED
(Marcus Rashford 64')

Hoje, no Estádio da Luz, o Sport Lisboa e Benfica recebeu e perdeu, por 0-1, com o todo-poderoso Manchester United, de José Mourinho, e disse, assim, adeus à Liga dos Campeões e, se calhar, à Liga Europa. O destaque desta partida vai, claramente, para a exibição menos conseguida do Benfica, para a também pragmática exibição do Manchester United e para o erro crasso do guarda-redes Mile Svilar.


GOLOS   

64' - MANCHESTER UNITED: Golo de Marcus Rashford - Na sequência de um livre bombeado, por Marcus Rashford, para a grande área do Benfica, Mile Svilar agarra a bola e entra com o esférico pela baliza dentro, colocando o resultado final em 0-1 a favor do Manchester United, treinado pelo técnico português José Mourinho. 


DESTAQUES   

Toto Salvio - O extremo argentino tentou remar contra a maré e foi o único jogador que tentou dar vida ao ataque do Benfica. 

Mile Svilar - Mostrou muita ingenuidade no golo sofrido e mostrou também que está muito verdinho para estas andanças. 

Douglas - Este lateral-direito é tão fraquinho que nem no Sporting de Gijón tinha lugar. Até o André Almeida é melhor que este flop

Marcus Rashford - O internacional inglês mostrou matreirice ao bombear a bola para a grande área do Benfica que resultou no erro de Mile Svilar. 

David de Gea - O guarda-redes espanhol não teve grande trabalho pela frente já que o Benfica pouco ou nada fez na partida desta noite. 



Homem do jogo da parte do SL Benfica: Salvio
Homem do jogo da parte do Manchester United: Marcus Rashford  

Sporting perde com a Juventus pela margem mínima

 LC: Juventus-Sporting, 2-1 (resultado final)
JUVENTUS 2-1 SPORTING CP
(Pjanic 29' e Mandzukic 84'; Alex Sandro 12' (AG))

Hoje, no Estádio Allianz, em Turim, o Sporting Clube de Portugal perdeu, por 2-1, com a super poderosa Juventus, no terceiro jogo da fase de grupos da UEFA Champions League. O destaque desta partida vai, claramente, para a boa exibição do Sporting na segunda parte e para a exibição pragmática da Vecchia Signora, bem como a excelente arbitragem do juiz inglês Michael Oliver. 


GOLOS

12' - SPORTING CP: Autogolo de Alex Sandro - Na sequência de um excelente passe de Bruno Fernandes a isolar Gelson Martins, o jovem extremo português remata à figura de Gianluigi Buffon, mas a bola acaba por bater nas pernas de Alex Sandro e vai a rolar até à baliza da Vecchia Signora. Estava feito o 0-1 para o Sporting Clube de Portugal.  

29' - JUVENTUS: Golo de Miralem Pjanic - Na marcação de um excelente livre direto, o internacional bósnio manda o esférico por cima da barreira defensiva do Sporting e ao ângulo da baliza de Rui Patrício, sem dar hipótese de defesa ao guarda-redes português, colocando o resultado, novamente, empatado (1-1). 

84' - JUVENTUS: Golo de Mario Mandzukic - Depois do brasileiro Douglas Costa, que havia entrado na segunda parte, executar um excelente cruzamento para a grande área verde e branca, o internacional croata antecipa-se ao argentino Jonathan Silva e, de cabeça, bate o guarda-redes Rui Patrício, colocando o resultado final em 2-1 a favor da Juventus.  


DESTAQUES

Paulo Dybala - Apesar de ter sido bem vigiado por William Carvalho e por Rodrigo Battaglia, o internacional argentino foi sempre um perigo à solta para a equipa do Sporting. 

Mario Mandzukic - Marcou o golo decisivo que valeu a vitória da Juventus, mas não fez uma exibição vistosa. 

Miralem Pjanic - O internacional bósnio marcou um excelente golo esta noite, no Juventus Stadium, e foi sempre o motor da equipa transalpina. 

Douglas Costa - Na primeira vez que tocou na bola, depois de ter entrado na segunda parte, deu golo da Juventus. É, sem dúvida, um grande jogador.

Cristiano Piccini - Tanto a nível defensivo, como ofensivo, o futebolista italiano esteve em grande nível, falhando, apenas, no lance que deu o segundo golo da Juventus.

Bruno Fernandes - Mais uma vez, o internacional português jogou e fez jogar a equipa do Sporting, sempre que a Juventus deixou.

Gelson Martins - O jovem extremo leonino também realizou uma boa exibição e esteve ligado ao autogolo de Alex Sandro, que deu a vantagem ao Sporting.



Homem do jogo da parte da Juventus: Miralem Pjanic  
Homem do jogo da parte do Sporting CP: Cristiano Piccini  

Leonardo Jardim contestado pelos adeptos do AS Mónaco

Resultado de imagem para leonardo jardim monaco

De acordo com o jornal desportivo português A Bola, Leonardo Jardim, treinador português, de 43 anos de idade, que treina os franceses do AS Mónaco, está a ser contestado pelos adeptos do principal clube do Principado, depois da derrota, por 2-1, diante do Besiktas, a contar para a fase de grupos da UEFA Champions League. Ainda de acordo com o mesmo diário desportivo nacional, apesar do AS Mónaco ter perdido meia equipa e alguns jogadores de grande qualidade, como Kylian Mbappé, os adeptos do clube monegasco acham que os jogadores que ficaram, como, por exemplo, Fabinho ou Thomas Lemar, não estão a dar tudo o que têm, sendo que, apenas, o colombiano Radamel Falcao tem estado em grande forma pelo campeão francês.   


Qual é a vossa opinião acerca desta notícia? Leonardo Jardim vai conseguir dar a volta aos maus resultados do AS Mónaco? Comentem.